terça-feira, 6 de março de 2012

Marcelo Camelo


Desde quando eu comecei a entender as músicas que eu cantava, eu sou apaixonada pelo Los Hermanos.
Último domingo eu descobri que vai ter show do vocalista Marcelo Camelo aqui em Bauru! E logo quis me inteirar dos CDs solo dele... Saber do que se trata... Confesso que a última música dele que tinha ouvido foi Téo e as Gaivotas (que logo mais comentarei)...
Clarooooooo fiquei maravilhada com tanta coisa linda!


Minha preferida, a baladinha Janta, com a Malu Magalhaes... Tão sensível... Tão cheia daquilo que é o que sempre deveríamos ter em mente em um relacionamento:


"Eu quis te conhecer, mas tenho que aceitar
Caberá ao nosso amor o eterno ou o não dá
Pode ser cruel a eternidade
Eu ando em frente por sentir vontade
(...)
Eu quis te conhecer mas tenho que aceitar
(I can forget about myself
Trying to be everybody else)"


Tão lindo dizer e pensar: eu ando em frente por sentir vontade... Estou com você não porque não sei viver outra vida, nem porque tenho medo da solidão, nem por comodismo.... Estou com você porque essa é a minha vontade... O desejo simples do meu coração. Simples.
E não vou esquecer de mim e de como eu sou, só pra te agradar. Não preciso ser outra pessoa. Posso te amar sendo eu mesma. E caberá ao nosso amor o eterno ou o não dá.
Emocionante!


Em Téo e a Gaivota, eu percebi uma letra simples, que fica até confusa. 


"todos os embates todos os dilemas
manda me avisar
manda me avisar eu sei
todo ser humano
pode ser um anjo"


Vivemos tanta coisa todos os dias... Rotina, algo incomum, pessoas normais, pessoas que prendem a atenção. Embates, dilemas, prosas, poesias. Temos de tudo. Cada um que passa por nossa vida pode sim ser um anjo que permite que cada coisa seja aprendida. 
Sempre.


A que mais me toca, A noite, fala daquilo que todos já sofremos, ou melhor dizendo, vivemos. Amar, delirar, perder, ter do que se lembrar. Lamenta o quão triste é viver só de solidão. Exalta o quão bom é ter vivido. E como vale a pena se arriscar:


"Triste é viver só de solidão
Pena de quem nunca esteve aqui
Pra ver fazer dormir a noite
(...)

Eu vim, eu vi
Foi bom demais
Passará depois em cada despedida
Nos romances e mistérios dessa clareira
Que há de luz iluminar.."

Pra encerrar, uma das antigas... que adoro também... Sempre que ouço o "Assim que o amor entrou no meio, o meio virou amor" lembro do meu amor!
O casamento de Romeu e Julieta, foi tema do filme de mesmo nome protagonizado por Luana Piovani e Marcos Ricca. A música é tão sensível, tão fofa, que dá vontade de ouvir milhões de vezes e suspirar!


"Clareou, refletiu, se cansou do ódio e viu que o sonho é real 
(...)
Faça chuva, vem o sol em comum o futebol deu você e o nosso amor convidando as mágoas pra cantar, pra cantar, pra cantar.
O amor não se tem na hora que se quer, ele vem no olhar. sabe ser o melhor na vida e pede bis quando faz alguém feliz."
E vocês gostaram? Tem alguma preferida pra compartilhar????


5 comentários:

  1. Amei seu blog, obrigada pela visita!
    Bjoos
    http://manequimdeestilo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Amei o Blog e já estou seguindo, depois passa lá no meu se gostar segue tb!
    bjos do Blog da Lô
    http://modabylolo.blogspot.com
    @blog_da_lo

    ResponderExcluir
  3. Adoro essa música com a Mallu, a letra é ótima e os dois também HAHAHA

    Beijo
    http://semquerermeintrometer.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Acho que nunca ouvi essa música, ... '-'
    Ah, obgg ^^ seu blog tbm é lindo :3
    Bjs ;*
    http://darkening.freetzi.com/

    ResponderExcluir
  5. Gosto muito desta música ;)

    Beijos

    nandapezzi.blogspot.com

    ResponderExcluir